FONOAUDIOLOGIA NAS DIFICULDADES ESCOLARES - Clínica Ciclos te esclarece alguns pontos!!


Um número considerável de crianças e adolescentes, com algum tipo de dificuldade de aprendizagem da leitura e da escrita, são encaminhadas às clínicas para serem inseridas em programas de terapias visando a remediação dos problemas encontrados no processo de desenvolvimento escolar. Grande parte das crianças e adolescentes está sendo encaminhadas para programas de reabilitação com “falsos diagnósticos” de dificuldades de aprendizagem, porém a literatura apresenta que muitas vezes o ‘problema’ do sujeito não está em sua capacidade de aprender. Zorzi (2005), alerta para esse ponto:
“Para podermos afirmar que alguém tem dificuldade de aprendizagem precisaríamos garantir a existência de condições e oportunidades efetivas para que a aprendizagem pudesse ter ocorrido” (ZORZI, 2005 - pg. 4).
O que o autor pretende retratar é que muitas vezes a capacidade de aprendizagem do sujeito está intacta, e o problema pode estar na ausência de oportunidades para esse sujeito se tornar um aprendiz. Algumas crianças, por apresentarem dificuldades na aquisição da leitura e da escrita, já são diagnosticadas com algum tipo de “distúrbio de aprendizagem” (ZORZI, 2005). Isso ocorre em cerca de 10% da população inserida na escola, sendo considerado um número excessivo. (GIACHETI, 2002).
Diante dessa situação é importante deixar clara a diferença entre “dificuldades de aprendizagem” (também, em muitos casos, conhecida como “distúrbios de aprendizagem”), e dificuldades comuns no processo de aquisição da leitura e da escrita. Numa tentativa de esclarecer essa questão, Ciasca (2003), coloca que o “distúrbio de aprendizagem é a modificação do ato de aprender, isto é, uma alteração dos padrões seja por vias internas ou externas do indivíduo, sendo assim, um distúrbio não significa falta, mas sim uma modificação no processo”. Já a dificuldade escolar, para essa mesma autora, está associada a uma alteração de origem pedagógica, podendo envolver também fatores sociais e emocionais do sujeito. Dessa maneira observamos que o “distúrbio de aprendizagem” envolve um caráter orgânico que impede ou dificulta o sujeito de aprender, e a “dificuldade escolar” pode ser uma soma de fatores internos e externos, como alguns fatores ambientais (condições emocionais, familiares, culturais, relação escola-aluno, motivação, entre outras coisas).


            Como já mencionado, o número de crianças encaminhadas para o atendimento terapêutico especializado, tem aumentado cada vez mais, e são diversos os profissionais que podem auxiliar a criança ou adolescente no processo de ensino e aprendizagem. O fonoaudiólogo é um dos profissionais que atua nessa área, e muitos se perguntam como este profissional pode ajudar. É uma linha muito tênue com os outros profissionais que também atuam com a criança que apresenta a queixa de dificuldades escolares, pois o nosso trabalho não consiste na alfabetização, ou em outras questões pedagógicas, pois a nossa formação não é essa. Portanto a nossa função no atendimento de crianças ou adolescentes com dificuldades escolares está processo de RESSIGNIFICAÇÃO da leitura e da escrita, ou seja, na tentativa de mudar o conceito e a maneira como eles enxergam e lidam com a leitura e a escrita, mostrando que elas vão além do ambiente escolar.
            Os objetivos terapêuticos fonoaudiológicos, no caso de dificuldades escolares, geralmente estão centralizados em descontextualizar a leitura e a escrita de um contexto escolar, e mostrar para as crianças e adolescentes que ler e escrever é importante para a formação individual e social do ser humano. Através desse processo buscamos as habilidades dos indivíduos, e através delas, conseguimos trabalhar as dificuldades apresentadas, auxiliando nesse processo de ensino e aprendizagem e formação bio-psico-social de cada um.

            As dificuldades escolares estão cada vez mais comuns, e a gama de profissionais que podem auxilia-los dentro desta área é muito grande. Portanto, não hesite em procurar um profissional para compreender melhor toda essa questão. Estamos à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas e ajuda-los sempre.


Manuela F. Juliani – Psicóloga

Jacqueline - Psicóloga infantil

Cristina R. Gimenes – Fonoaudióloga 







Para conhecer um pouco mais sobre o trabalho e serviços oferecido pela  Clinica Ciclos acessem: www.clinicadesaudeciclos.com.br/


Leitores do nosso portal tem desconto especial, solicite já o seu!!


CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top