Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)



É um transtorno neurobiológico que surge na infância e que nas maioria dos casos acompanha o indivíduo por toda sua vida. Esse transtorno se caracteriza por uma gama de sintomas de desatenção, hiperatividade (inquietude motora) e impulsividade.

A Associação Brasileira do Déficit de Atenção (e com Hiperatividade), mostra que gira em torno de 3 a 5% da população infantil do mundo onde o transtorno já foi pesquisado e com relação aos adultos estima-se aproximadamente 4%. E de acordo com o DSM-5, na população em geral, o TDAH é mais frequente no sexo masculino do que no feminino. O TDAH pode ser classificado em três subtipos: 1º - Apresentação combinada: Se tanto os critérios de desatenção e hiperatividade são aparentes nos últimos 06 meses com frequência. 2º - Predominantemente desatento: Quando apenas o critério de desatenção é aparente nos últimos 06 meses. 3º - Predominantemente hiperativo-impulsivo: Quando apenas o critério de hiperatividade é aparente nos últimos 06 meses.

Também pode ser classificado me três diferentes graus: 1º - Leve: Pequenos prejuízos no funcionamento social, acadêmico ou profissional. 2º - Moderado: Sintomas ou prejuízos funcionais entre “leve” e “grave”. 3º - Grave: Sintomas que podem resultar em prejuízos acentuado no funcionamento social ou profissional.

O TDAH é um dos transtornos psiquiátricos mais estudados no mundo, porém, ainda existe um questionamento contínuo sobre a sua origem e até o presente momento não encontraram um consenso científico sobre suas reais causas, ou seja, incertezas se é inato (genético) ou adquirido (ambiental).

Por fim, existem alguns critérios que definem o diagnóstico de uma criança ou um adulto. Em primeiro instante é necessário que o indivíduo apresente um padrão persistente de desatenção e/ou hiperatividade-impulsividade que interfira no funcionamento e desenvolvimento.

Sendo este diagnóstico inteiramente clínico, não sendo necessário exames de ressonância, eletroencefalograma ou qualquer outro que avalie características físicas.

Cristina R. Gimenes (Fono) e Manuela F. Juliani (Psicologa)




Facebook: clinicadesaudeciclos
Instagram: @clinica_ciclos


CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top